Mesmo que pareça incrível, existem empresas que ainda ignoram a necessidade de atender as redes sociais e por consequência não dedicam tempo nem esforços para monitorar e escutar o que os consumidores dizem de sua marca. Se você ainda não faz isso, vamos apresentar 6 razões para começar a escutar não só o que falam sobre sua empresa, marcas ou produtos, mas também sobre seu meio de atuação, seus concorrentes, stakeholders e influenciadores.

 

1. SER O PRIMEIRO A SABER

Uma das vantagens do monitoramento é que permitirá à empresa sempre estar informada sobre tudo o que se fala em seu entorno. Isso ajuda a estar sempre um passo à frente em qualquer cenário que necessite de atenção especial e cuidado.

Mal atendimento, produtos danificados ou até informação duvidosa podem mudar a opinião dos consumidores, ou pior ainda, criar uma percepção negativa sobre uma marca da noite para o dia.

 

2. CONHECER QUALQUER AMEAÇA QUE POSSA PREJUDICAR A REPUTAÇÃO DA MARCA

O monitoramento de redes sociais oferece a oportunidade de escutar e analisar em tempo real os conflitos e as experiências ruins que podem ter sido geradas ao redor da marca ou organização. Com isso é possível tomar ações concretas e eficazes para diminuir as ameaças antes que se convertam em crises.

Segundo o relatório da Ethical Corporation e Useful Social Media sobre as empresas que passaram por crises de reputação nas mídias sociais, 72% admitiram não estar preparadas para encarar esses eventos, 20% indicaram estar completamente despreparadas”.

O monitoramento permitirá conhecer em tempo real o impacto das crises, quem iniciou o evento, quais são os temas em discussão, a velocidade de “viralização”, as oportunidades de neutralização, dentre outros elementos que ajudarão a mitigar rapidamente o desgaste.

 

3. LER EM TEMPO REAL TUDO QUE FALAM DE SUA EMPRESA

Poder escutar em tempo real tudo o que falam sobre sua empresa permitirá conhecer e responder oportunamente às menções e comentários dos diferentes públicos. Com isso você poderá entender e analisar com detalhes o que pensam os usuários sobre seus produtos ou serviços, para otimizá-los quando seja necessário.

Empresas como Johnson & Johnson desenvolveram há pouco tempo um projeto de business intelligence para materializar uma “war room”, assim as ações de marketing da companhia são monitoradas em tempo real.

 

4. IDENTIFICAR OPORTUNIDADES DE COMUNICAÇÃO

Nas redes sociais os clientes falam constantemente das marcas e produtos favoritos, com o monitoramento é possível identificar todas as menções positivas que são dirigidas à empresa, oferecendo a oportunidade de responder aos usuários rapidamente. Com o monitoramento é possível identificar quais são os influenciadores que falaram sobre a empresa e dedicar tempo para buscar uma estratégia de aproximação visando aumentar o share of voice.

Monitore menções de compra ou problemas dos seus concorrentes como tática para oferecer produtos e descontos ou até para criar campanhas que aproveitem suas vulnerabilidades.

 

5. RECEBER INFORMATIVOS DIÁRIOS

Através dos informativos é possível conhecer informações valiosas e todas as variáveis que concernem à comunicação em torno da marca e dos temas de interesse, além de acessar a todos os stakeholders do setor. A informação obtida permite medir os resultados da estratégia de comunicação e extrair os melhores insights para otimizá-la diariamente. Conferir os posts que citam sua marca diariamente deveria ser uma rotina cotidiana antes de começar seu dia.

Conte sempre com uma equipe que faça a curadoria do todo o monitoramento coletado para ler somente aquilo que é relevante para sua marca ou até mesmo que poderia criar futuros problemas.

 

6. GERAR ESTRATÉGIAS COERENTES E EFICAZES

Observar o comportamento dos stakeholders e dos temas de interesse irá permitir identificar insights, tendências e boas práticas que poderão se transformar em estratégias que atendam às necessidades e desejos do negócio.

Baseado nos dados coletados durante o monitoramento de redes sociais, é possível refazer estratégias. Pode-se obter dados que permitam mudar o horário de publicação dos seus posts, focar no Facebook e não no Instagram, ou finalizar com antecedência uma promoção sem sucesso, etc.

Além de gerar soluções, o monitoramento traz uma série de informações que ajudam a empresa se conectar efetivamente com todos os stakeholders que estão em contato potencial. A empresa não fica informada somente sobre as ações dos concorrentes, mas também das movimentações do seu setor.

Quer saber como monitorar sua marca? Clique aqui!.